Xicuembo (versão 3.0)

memórias & resmungos do Carlos Gil

A minha fotografia
Nome:

carlosgil2006@gmail.com

quarta-feira, janeiro 18, 2006

Escondam-no num armário, já agora!

Cavaco Silva recusa debates na última semana antes das eleições.
As contas são simples: perde com isso eleitores principalmente naqueles tantos que estão tentados 'a', mas que alimentam silenciosamente tantas dúvidas que verão nesta atitude a confirmação de muitas. Pelas contas dos estrategas da (sua) campanha, esses serão sempre menos que a debandada dada como certa sempre que ele abre a boca, seja para comer, fazer caretas ou até falar (sim, ele às vezes fala).
Este reino em ruínas está de tal forma pôdre que se este candidato desaparecesse por ter ganho o Euro Milhões, uma presidência internacional ou outra parvoíce qualquer, nos boletins de domingo ainda tinha um ror de cruzinhas.
É um sebastianismo mantido por fios, desmoronando-se aceleradamente num já imparável ruir dum mito. Poderá vencer à primeira (toc-toc, madeira) mas acaba de perder definitivamente a fé da maioria do país: restam-lhe os votos da teimosia, surda, surda e desesperada. Que não são assim tantos que elejam sem mais aquelas esta insuficiência mascarada de altivez.

2 Comments:

Blogger ELCAlmeida said...

Meu caro, um debate com Cavaco Silva... mais depressinha, muito mais depressinha ganharia sozinho o jackpot do euromilhões. Nem quando pm ele permitiu que o juntassem em debates - e não tinha a certeza, pelas sondagens, da maioria - quanto mais agora que muitas ainda lhe dão a dita maioria.
Debates a mais de dois com Cavaco? É esperar sentado.
Um braço e que tenha muita alegria no próximo sábado, porque na segundona não tenho dúvidas que a alegria será festivaleira.
Eugénio Almeida

quarta-feira, janeiro 18, 2006 12:04:00 da tarde  
Anonymous IO said...

Cavaco sabe bem que, de cada vez que abre a boca, perde votos - IO.

quarta-feira, janeiro 18, 2006 3:17:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Fight Spam! Click Here!