Xicuembo (versão 3.0)

memórias & resmungos do Carlos Gil

A minha fotografia
Nome:

carlosgil2006@gmail.com

quinta-feira, maio 12, 2005

Poetas moçambicanos - Delmar Gonçalves

..........................................................................
E eu sou eu

Aqui estou eu
Mestiço de negro e branco
Severo e brando
Obstinado e ocioso
Modesto e orgulhoso
Obsessivo e sereno
Manso e prudente
Agradável e egocêntrico
Talvez a lei dos contrários
Impere em mim
Ou talvez haja apenas
Uma simbiose de antíteses
O que faz de mim indivíduo
Pois é...
Eu sou eu.
..........................................................................
Delmar Gonçalves (1996)

4 Comments:

Blogger th said...

eheheh, isto é descer muito para mim, já não tenho nem idade nem forças para descer isto tudo. E depois para subir quem me ajuda? tens que dar um geito no material, puxa-o para cima, pá...jinhos th

sexta-feira, maio 13, 2005 6:19:00 da tarde  
Blogger th said...

eheheh, isto é descer muito para mim, já não tenho nem idade nem forças para descer isto tudo. E depois para subir quem me ajuda? tens que dar um geito no material, puxa-o para cima, pá...jinhos th

sexta-feira, maio 13, 2005 6:19:00 da tarde  
Blogger Incompetente said...

Belo poema.
Equilibrado, bem adjectivado e... fechado com chave d'ouro!

"Eu sou (eu)", do verbo SER... HUMANO!

Abraço e bom fim-de-semana

sábado, maio 14, 2005 12:02:00 da manhã  
Blogger th said...

AI
AI AI
AI AI
AI AI AI
AI
AI AI

segunda-feira, maio 16, 2005 11:48:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Fight Spam! Click Here!