Xicuembo (versão 3.0)

memórias & resmungos do Carlos Gil

A minha fotografia
Nome:

carlosgil2006@gmail.com

segunda-feira, outubro 03, 2005

Palavras proféticas

Se se rebuscar nos arquivos recentes do blogue, há por aí um texto, não meu, onde se fala em algo como (não fui ver, cito de memória): "...numa rua qualquer desta cidade, há alguém que..." e por aí fora, amigável e exageradamente por aí fora. No sentido de que por trás de portas e caras anónimas, das que conhecemos do dia-a-dia mas a que a superficialidade do conhecimento de vizinhança ignora os verdadeiros 'eus', existem seres com potencialidades que desconhecemos pois deles só vemos o público quotidiano sem entrever as suas cavernas de tesouros.
Ontem senti a verdade da afirmação, pois quando ela foi proferida só recolhi a sua bondade exagerada - referia-se a mim. Nunca por nunca me passou pela cabeça que a mera dúzia de portas da minha residisse, em regime de fim-de-semana, um jovem blogger cuja leitura me tem saciado por diversas vezes. Vasculhem no seu arquivo e dar-me-ão razão, mesmo saindo sempre essa análise como curta e empobrecida pela ausência da riqueza simples e natural do personagem real, o homem que está por trás do blogue. A final de serão ainda houve bónus, pois por ele conheci outro blogger que em tempos cusquei, actualmente com a loja fechada sabe-se lá porquê. E digo-o assim baseado no pouco que falamos, pouco mas de deixar água na boca por mais e mais - incluindo a versão escrita de 'conversado'.
Deixem-se de lérias acerca de cansaços e outras mariquices, e toca a pegarem 'nas penas' e martelarem esses teclados! por nós, leitores, por nós!

Fight Spam! Click Here!