Xicuembo (versão 3.0)

memórias & resmungos do Carlos Gil

A minha fotografia
Nome:

carlosgil2006@gmail.com

segunda-feira, julho 04, 2005

Olá, Sampaio

Eu tinha-te dito, tinha avisado. Estou de olho em ti, nos teus pratos da balança.
Que dizes à notícia abaixo? que vais fazer? instaurar um inquérito, reunir os notáveis, agir, ou novamente olhar para o lado e silenciar?
Dizes-te primeiro magistrado da nação. Assume-o, então. É que racismo e xenofobia são crime no teu país, não laves as mãos. Age. Age porque se tu não tens poder para isso ninguém o tem. E não é por mim e por estas letras em raiva que nunca lerás, nem pelos milhões que olham desiludidos os teus silêncios: é pelas vítimas. Pensa nisto.
.......................................................................................................
(notícia extraída dum jornal de que não apurei nome, mas que hoje circulou na Internet tendo-me caído no colo:)
.......................................................................................................
O presidente do Governo Regional da Madeira manifestou-se, domingo à noite, contra a entrada de emigrantes na ilha da madeira.
No encerramento das festas «24 horas a bailar», em Santana, Alberto João Jardim, criticou a entrada em Portugal de emigrantes chineses, indianos e dos países da Europa de Leste.
«Portugal já está sujeito à concorrência de países fora da Europa, os chineses estão a entrar por ai dentro, os indianos a entrar por ai dentro e os países de leste a fazer concorrência a Portugal... está-me a fazer sinal aí porque? Que estão chineses ai? É mesmo bom que eles vejam porque não os quero aqui», disse o presidente do Governo Regional da Madeira..

9 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Do AJJ já nada me espanta, agora que também fico à espera que o Jorge reaja, fico!, abraço, IO.

segunda-feira, julho 04, 2005 4:59:00 da tarde  
Blogger magude said...

Do AJJ tivemos mais uma... "pérola do Atlântico"! A oeste nada de novo e estamos conversados. Quanto ao PR, e para redimir mais este pecadadilho, deve já estar a planear viagem à Madeira em mangas de camisa e boné, indumentária própria ara visitar minorias étnicas e afins...

segunda-feira, julho 04, 2005 6:14:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A melhor definição que já ouvi até hoje da pessoa em questão: Está um velhote na bixa para prestar a ultima homenagem a ABC e chega a jornalista que lhe pergunta muito a despropósito"Então o que faz estar aqui nesta bixa..?" Responde o velho "Minha senhora, eu só quero dizer ao Sr. AJJ que ele foi parido pelo cu da mãe dele..." A jornalista não o deixou adiantar, mas também não era preciso dizer mais nada. Beijos.Elsa.

segunda-feira, julho 04, 2005 6:33:00 da tarde  
Blogger ELCAlmeida said...

Meu caro Gil,
Eu não precisei do jornal da Net.
Tive o privilégio de ouvir na TSF, esta noite (cerca de 1 da manhã) as magníficas palavras do grande educador das base madeirenses. Entre Chavez e Jardim entre Fidel e o Diabo, venho este e escolha.
Quanto esperar pelo cabeça de cenoura, olha - e permite-me esta liberdade - come uma cenoura que sempre é mais digestiva; o outro quer é acabar a Magistratura e ir de férias definitivas.
Ou me engano muito ou o AJJ tem o Conselho de Estado na mão e deve saber os podres deles todos.
Só assim se admite que dispare diarreias sobre diarreias e ninguém as queira curar.
Um abraço.
Eugénio

segunda-feira, julho 04, 2005 7:52:00 da tarde  
Blogger th said...

Pois, eu acho que o homem tá inchado de "Poder" (dizer asneiras), atira bujardas como quem atira arrotos depois de um lauto repasto. Tem aquele escudo invisível duma qualquer "Pasta" (de dentes) ou ficou-lhe duma das últimas máscaras de Carnaval. É tristemente grotesco! th

segunda-feira, julho 04, 2005 10:36:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Que segredos tem Jardim?

segunda-feira, julho 04, 2005 10:44:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Bom post, Carlos. E um bom desafio ao PR. Mas, por dignidade na vergonha da precipitação daqueles que garantiram que Jorge Sampaio estava gágá e nada ia dizer (alguém até disse que ele ia direitinho à Madeira sentar-se ao colo do cacique, ou percebi mal?) compete reconhecer que JS falou e falou com sábias palavras adaptadas à função. Fizeste um repto ao PR, espero que reconheças que o homem, desta vez, se portou à altura. Quanto aos detratores sistémicos de JS nada peço porque nada se pode pedir a quem nada sabe dar (e que, na boleia, acabaram por fazer essa curiosa transferência de odioso de AJJ para JS). Abraço.

segunda-feira, julho 04, 2005 11:35:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Esqueci-me de assinar o post anterior. João Tunes

terça-feira, julho 05, 2005 12:48:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Bolas, que atrevimento! Não foi um post foi um singelo comentário. JT

terça-feira, julho 05, 2005 12:50:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Fight Spam! Click Here!